Matéria da CNN Brasil

Instituto Butantan já repassou 27,8 milhões de doses de vacinas ao Programa Nacional de Imunização; acordo prevê 46 milhões de doses até o final de abril

Instituto Butantan entrega nesta quarta-feira (24) uma nova remessa de 2,2 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela laboratório chinês Sinovac, ao Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, informou o governo do Estado de São Paulo, ao qual o instituto é vinculado, em nota.

Com a entrega desta remessa, o total de doses da CoronaVac entregues ao PNI chegará a 27,8 milhões. O contrato do Butantan com o Ministério da Saúde prevê a entrega de 46 milhões de doses até o final de abril e de mais 54 milhões de doses até setembro, que o instituto paulista promete antecipar para agosto.

De acordo com a nota, o Butantan, que está envasando a CoronaVac no Brasil após receber o insumo farmacêutico ativo (IFA) do imunizante importado da China, aguarda para até o fim deste mês a chegada de matéria-prima suficiente para 6 milhões de doses da vacina para garantir o cumprimento da primeira parte do contrato, que prevê 46 milhões de doses até abril.

Butantan e ministério também mantêm tratativas para um lote adicional de 30 milhões de doses da CoronaVac, cujos termos de contrato estão sendo negociados entre as duas partes.