Matéria/Colaboração: ACidadeOn

A doença cardiovascular crônica é o principal fator de risco que mais agrava a covid-19 em casos que resultaram em mortes, em Ribeirão Preto.

Segundo balanço mais recente da Secretaria Municipal da Saúde, 107 pacientes apresentaram doenças no sistema cardiológico entre os 227 óbitos registrados oficialmente na cidade, o que representa 47,1% no quadro de comorbidades.

Diabetes e pressão alta também apresentam números expressivos entre as mortes: foram, respectivamente, 63 e 51 pacientes com essas doenças que perderam a vida para a covid. 

De acordo com a Saúde, quando um paciente com morte pela covid-19 apresenta mais de um fator de risco, ele entra na estatística de cada uma das doenças diagnosticadas.

Neste domingo (12), Ribeirão chegou oficialmente a 7.684 confirmações de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.  

(Reprodução)