Por: Fernando Joaquim

Foto: Facebook da Santa Casa de Guará

Túlio Chaud Colferai

Secretário de Governo e Planejamento do Município de Guará, Administrador Provisório do Dispensário de Assistência Vicentina de Guará e da Associação Santa Casa.

_________________________________________________________________

Conexão Regional: Como surgiu o convite para assumir a Santa Casa?

Tulio: Pertenço ao quadro de membros da Associação Mantenedora da Santa Casa, com a renúncia do presidente e do vice, a presidente do Conselho de Administração me indicou para assumir o encargo de administrador provisório, o que foi deferido pela justiça.

Conexão Regional: Quais são os principais desafios nessa nova jornada?

Tulio: O mundo vive a maior crise sanitária deste século, o primeiro desafio é dar condições de trabalho à equipe para o enfrentamento da escalada vertiginosa de novos casos de síndromes gripais, proporcionando melhor atendimento aos doentes.

Implantar uma administração transparente e participativa tanto da sociedade quanto dos funcionários.

Conexão Regional: A situação financeira da Santa Casa está estabilizada?

Tulio: O diagnóstico financeiro, seja ele de fluxo de caixa de recurso próprio e dos convênios de execução de serviços delegatórios da rede SUS estão sob análise técnica, uma certeza é de que o repasse de tabela de serviços do SUS não repõe o gasto, em razão da defasagem de atualização da mesma.

Com o rigor técnico vamos analisar a situação financeira e no momento não tenho como informar com precisão a questão.

Conexão Regional: Como você enxerga os desafios da área da saúde em tempos de pandemia?

Tulio: Os desafios são enormes, a ciência precisa ser valorizada, escutada e incentivada, a vacina e o comprometimento da população em geral, serão os meios para sairmos da crise sanitária.

No que tange a Santa Casa, dentro da estrutura existente, foram preparados leitos exclusivos para pacientes com Covid cuja demanda, infelizmente cresce a cada semana. Em consonância com o Município estamos estudando meios de contratar novos profissionais para possível abertura de um Pronto Atendimento voltado para pacientes com Covid.

Conexão Regional: A Santa Casa é o único hospital da cidade, quais são os seus planos?

Tulio: A minha gestão é transitória, fui nomeado para 60 (sessenta) dias e pretendo dentro desse curto espaço de tempo, fazer o diagnóstico financeiro da instituição e otimizar os serviços prestados, continuaremos a pactuar serviços de especialidades, em parceria com a Secretaria de Saúde.

Conexão Regional: Como será conciliar a Administração da Santa Casa com a do Lar de Idosos?

Tulio: A gestão do Lar de Idosos no campo administrativo é toda informatizada e o programa de gestão acompanho via remota, o que me possibilita tomar as decisões por meio remoto e a metodologia de gestão em razão do tempo que estou à frente da Instituição facilita as minhas tomadas de decisão. A Equipe é muito assertiva, o que facilita meu trabalho.

Rotineiramente durmo poucas horas na noite e a partir de relatórios de gestão, metodologias que já aplico no Lar vou aos poucos modificando o que precisar ser modificado na Santa Casa.

A equipe da Santa Casa tem sido solicita e é formada por profissionais extremamente técnicos e tenho absoluta certeza de que absorverão as mudanças que iremos implementar.

Estamos articulando uma entrevista ao vivo para falar mais sobre essa assunto.

Siga as nossas redes sociais

Face: @conexaoregional

Insta: @conexaoregionaloficial