Matéria do G1 Ribeirão

Segundo boletim epidemiológico de terça-feira (9), cidade chega a 20.148 pacientes que testaram positivo e 372 óbitos. Ocupação de vagas de internação se mantém perto de 80% mesmo com aumento no número de UTIs.

A Prefeitura de Franca (SP) confirmou na terça-feira (9) mais duas mortes e 118 casos de Covid-19.

Com a parcial, a cidade chega a 372 óbitos entre 20.148 casos, o que resulta em uma taxa de letalidade de 1,85% e uma incidência de 33,2 casos por 100 mil habitantes, segundo boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde.

As vítimas mais recentes da doença são um homem de 48 anos e uma mulher de 70 anos. Os dois tinham comorbidades.

Segundo a Secretaria da Saúde, Franca registra uma média móvel de 4,1 mortes – diante de 4,6 na parcial anterior – e de 82,1 casos, contra 71,3 na terça.

Tosse (16%), febre (12,4%), falta de ar (10%) e dor de garganta (9,8%) são os sintomas mais comuns do novo coronavírus entre os pacientes que testaram positivo. Diabetes (38,44%) e hipertensão (22,76%) são as comorbidades mais associadas à doença.

Do total de pessoas que contraíram a Covid-19, 17.612 se recuperaram, 87,41% em relação a todos os casos confirmados. Os casos negativos somam 28.721 os suspeitos, 2.846.

Ocupação de leitos

 

A ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTIs) pelas redes pública e privada em Franca (SP) se mantém perto de 80%, mas graças a um aumento no número de vagas disponíveis diante da elevação nas internações.

Das 86 vagas agora disponíveis – antes eram 76 -, 68 estavam preenchidas durante a noite de terça.

 

  • UTI SUS: 43 ocupados / 52 ofertados (82,69%)
  • UTI Particular: 25 ocupados / 34 ofertados (73,52%)

 

Nas enfermarias, a ocupação caiu de 72,9% para 67,8%, com comprometimento de 38 dos 56 leitos clínicos.