Um jovem de 23 anos, que seria julgado é morto durante um “Tribunal do Crime”, foi resgatado por Policiais Militares durante o julgamento na noite desta terça-feira (7), na rua Maria Cândida no Jardim Zara, zona Leste de Ribeirão preto.

Segundo informações da PM (Polícia Militar), uma denúncia anônima levou os Policiais Militares onde teria duas pessoas sendo julgadas por um “Tribunal do Crime”. Mediante as informações, os PMs foram até o local indicado pelo denunciante que não quis se identificar. Chegando no endereço indicado, os Policiais avistaram um “aglomerado” de pessoas suspeitas na frente da casa indicada como local do julgamento. As pessoas ao avistarem a presença dos Policiais Militares fugiram.

Namoro com mulher de criminoso

De acordo com a vítima, que foi resgatada do julgamento – uma relação extra-conjugal com uma mulher, seria o motivo deste julgamento. Esta amante, seria mulher de um criminoso. A vítima disse também que esta mulher estaria sendo julgada, mas ela não foi localizada pelos Policiais Militares.

Suspeito detido

Consta no B.O (Boletim de Ocorrência), um suspeito de 24 anos, que também estava no aglomerado de pessoas foi detido e encaminhado para Delegacia. Na CPJ (Central de Polícia Judiciária), a vítima não reconheceu o suspeito – que foi ouvido e liberado.

O caso foi registrado como “Ameaça, Sequestro e Cárcere Privado”. A Polícia Civil investiga o caso.

Matéria/Colaboração: X Tudo Ribeirão